quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Capítulo 19 (Último capítulo)

Não consegui medir o tamanho da dor e da decepção que eu sentia. Oh Meu Deus, como ela pode fazer isso comigo? Eu havia me entregado de alma a essa relação, e agora descubro que tudo não passou de uma mentira. Meu coração doía. Senti-me culpado também, por ter feito Ashley sofrer tanto. Pois se ela sentiu um terço da dor que eu estou sentindo sofreu mais do que até ontem eu achei que era possível.
Passei o final de semana todo recolhido com as minhas amarguras. Acho que já nem tenho mais lagrimas para chorar. Em alguns momentos fui até a varanda e fiquei observando o apartamento dela, vazio. Tantas lembranças, mesmo em pouco tempo já havíamos criado uma história juntos. Uma historia de amor, que foi atravessada e invadida pela magoa e o rancor.
Decidi esperar o tempo passar. E ele parecia passar a passos de tartaruga.
Vanessa estava fazendo falta, não só para mim, mas para o jornal também. E como fazia falta. Nesse um mês sem ela já havia entrevistado vários candidatos e candidatas ao cargo que era dela, mas ninguém parecia me agradar.
Era sexta-feira e Scott, nosso chefe havia marcado uma reunião comigo para depois do expediente, ou seja, tardíssimo.
- Olá Scott - falei cumprimentando-o enquanto ele entrava na minha sala.
Scott já deveria ter os seus quase 35 anos. Era um rapaz muito distinto e querido por todos na redação. E havia se casado com Ashley, mais jovem que ele.
- Boa noite Zac. – ela já se acomodava em uma cadeira.
- O que me traz aqui à uma hora dessas?
- Bom, eu já sei de tudo Zac.
Gelei.
- Tudo oque?
- De você com a minha esposa e da trama maluca em que ela envolveu você e Vanessa.
- Eu quero deixar bem claro que eu e Ashley tivemos um relacionamento sim, mas que foi antes, bem antes, de vocês se casarem... – ele me interrompeu.
- Eu sei perfeitamente disso Zac, e eu não vim aqui te cobrar nada.
- Não?
- Não, eu estou aqui para conversarmos, apenas. Eu sempre gostei muito de você e foi por isso que eu te trouxe de Arroy Grande para trabalhar comigo. Certo?
- Sim, e eu lhe agradeço muito por isso. O senhor me deu grandes oportunidades... – ele me interrompeu novamente.
- Deixe-me concluir, por favor. – ele foi categórico – a Vanessa errou? É claro que sim, ela errou em se deixar levar pelas leviandades da minha mulher. Mas ela é uma moça adorável, e faz muita falta para o jornal e pelo que me parece para você também. Ela chegou aqui da maneira errada. Mas ela é a pessoa certa para ocupar o cargo. Será que ela também não é a pessoa certa para ocupar o seu coração?
- Ela já ocupa. Mesmo sem que eu quisesse.
- Então se me permite uma sugestão...
- Claro que sim.
- Vá atrás dela, se ela aparecer aqui na segunda pela manhã o cargo é dela de volta. Diga isso a ela. E diga-lhe também o que sente.
- Eu não sei se consigo.
- Consegue sim Zac. Todo o homem encontra um dia o lugar onde quer fixar suas raízes, e no seu caso esse lugar é ao lado de Vanessa.
- Obrigado Scott. Pelas oportunidades e pelos conselhos também.
- Espero que sejam uteis.
- Eles serão. Você nem imagina o quanto.
- Agora eu já vou, está tarde e precisamos descansar. Boa noite Zac, eu espero que segunda você volte trazendo ela consigo.
Despedi-me daquele agradável amigo e fui para a casa. Estava decidido. Eu procuraria Vanessa amanhã.
Perguntei ao Seu Nicolau logo pela manhã se Vanessa havia deixado algum novo endereço para caso chegasse correspondência. Mas ele negou. Procurei por algo nas redes sociais, mas ela parecia não entrar nelas a mais de um mês. Não fazia ideia de onde encontra-la. Foi então que em um flash me lembrei de alguém. Austin. Ele deveria saber onde ela estava. Fui até a casa dele.
- Zac? O que está fazendo aqui?
- Oi Austin, eu vim  te pedir um favor...
- Quer saber onde ela está?
- Exatamente.
- Ela está na casa de um tio dela em Salinas. Sozinha.
- Obrigado pela ajuda.
- Espera! E você vai bater em todas as casas de Salinas atrás dela?
- Se for preciso eu vou.
- Pois não será. Eu tenho o endereço.
Ele saiu e quando voltou tinha um pequeno papel na mão. Era o endereço. Agradeci e sai quase correndo até o carro. Passei em casa e peguei algumas coisas. Cheguei em Salinas já estava escurecendo. Eu não conhecia direito a cidade, mas encontrei o endereço facilmente graças ao São GPS.
Sai do carro e por um momento hesitei em bater na porta. Então reuni todas as minhas coragens e bati. A casa era grande, bonita e ao mesmo tempo aconchegante. Ela não demorou a atender.
Assim que me viu ela pulou nos meus braços e enrolou as pernas na minha cintura. Ela estava esperando por mim, assim como ela disse na carta. Naquele momento não precisávamos de palavras, precisávamos apenas um do outro. Após alguns minutos ela soltou-se do meu abraço e me puxou para dentro de casa pela mão.
- Vem, vamos conversar antes de qualquer coisa.
Conversamos sobre tudo, sobre Ashley e Scott, sobre o plano de vingança, sobre o talento dela como jornalista... Mas principalmente falamos de nós, do nosso amor e do quanto gostaríamos de ficar juntos para sempre. Forever.
- Eu te amo Zac Efron! E essa é a única certeza que eu tenho.
- Eu te amo Vanessa Hudgens, e isso é só o que me importa.
Beijei-a intensamente, como se fosse um andarilho no deserto matando sua sede. Eu tinha sede de Vanessa, do amor, do carinho, do gosto do seu beijo e do seu corpo.
Eu sabia que estávamos sozinhos, então lhe retirei a roupa ali mesmo, na sala, o corpo dela parecia mais perfeito a cada vez que a via nua. Por coincidência (ou pelo destino talvez) no radio da sala tocava a musica “Um certo Alguém”, a nossa música.
Nossos corpos pareciam ser ligados por uma força sobrenatural, que nos aproximava e que parecia que ia nos incendiar a qualquer momento, ardíamos no fogo da paixão e do prazer.
Foi naquele exato momento que percebi que ela era minha de verdade, sem mentiras e sem pretextos. Ela era minha, somente minha. E eu era dela, somente dela. E seria assim por toda a eternidade.

FIM

******************************************************
Olá pessoal!!
Aqui está o último capítulo pra vocês... 
Obrigada pelos comentários meninas!!! Espero vocês na próxima fic okay!?
Com 81% dos votos a próxima fic será Romance Proibido, e vocês já podem ver a sinopse e um trecho da história que promete!!!
Postarei o primeiro capítulo será postado amanhã (21/11)!! Então beijoos e até amanhã na próxima fic!!!

3 comentários:

  1. Adorei! Muito bom!
    Não sei mais o que dizer...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Q massa esse fim
    Gostei mto
    Pena q já acabou ;(

    ResponderExcluir
  3. OMG que perfeito *-*
    amei a história,muito lida ♥♥♥
    parabéns e até mais em Romance Proibido,kisses

    ResponderExcluir