domingo, 16 de novembro de 2014

Capítulo 15

- Como você pode esquecer-se disso? - Não contive um sorriso.
- Não sei, acho que foi em um momento de...  de... pode-se dizer que em um momento de empolgação. Você não acha?
- Eu? Eu não acho nada.
- Bobo.
Mais uma mania que ela estava criando, sempre me chamar de bobo. E eu sou mesmo, por ela. Só por ela.
Fui me aproximando dela, passei a minha mão na sua cintura e puxei pra mim, colando o meu corpo no dela. Ela aproximou-se do meu ouvido.
- Até amanhã Zac Efron.
- Você não vai ficar?
- Não. – ela gargalhou.
- Mas por quê? – não escondi a decepção.
- Porque tenho assuntos a tratar.
- Há essa hora?
- Isso não lhe diz respeito! Agora se me permite, gostaria de ir pra casa.
- Não estou te impedindo.
- Está sim, está me agarrando. – ela gargalhou novamente.
- Ops, é verdade. Foi um ato inconsciente, juro.
- Você não vai me soltar, não é?
- Não tenho a mínima intenção.
Ela me encarava com aquele olhar forte e intenso que somente ela tem. Beijei-a. Com dois passos para o lado chegamos à beira da cama, ela empurrou-me fazendo com que eu caísse sobre a cama.
- Hoje não Zac, hoje não. – ela sorria mordendo o canto da boca.
Ela me atirou um beijo e saiu do quarto andando rapidamente.
- Volta aqui Vanessa! – quase implorei.
Mas foi em vão, ela foi embora. E me deixou ali, naquela “Situação”.
Ela esqueceu a calcinha, ela tinha vindo até aqui para busca-la, talvez ela estivesse precisando. Estava decido, eu iria lá levar. Eu sei que a hipótese de ela estar “precisando” da calcinha era ridícula. Mas eu não ligava, eu estava realmente arrumando uma desculpa para ir até lá.
Decidi deixar para ir no outro dia bem cedo.
Magicamente naquela manhã eu nem precisei de despertador, acordei exatamente na hora. Arrumei-me rapidamente, tranquei a porta do meu apartamento. Respirei fundo e dei três batidinhas na porta, assim como ela fazia sempre. Ela atendeu prontamente.
- Zac, o que está fazendo aqui?
- Vim te devolver isso... – estendi a calcinha na direção dela.
Ela ficou vermelha como um pimentão, pegou a calcinha e tentou esconde-la. Foi quando escutei uma voz que vinha de dentro do apartamento dela.
- Quem está ai filha?
Oh meu Deus! Era o pai dela, e eu ali devolvendo uma calcinha. Acho que nesse momento fui eu que fiquei vermelho como um pimentão.
Surgiram perto da porta dois pares de olhos curiosos. Vanessa era muito parecida com a mãe. O pai dela me encarava desconfiado.
- Esse é o Zac, meu chefe e vizinho.
- Olá Zac, entre para tomar café conosco... – a mãe dela era extremamente simpática.
- Me desculpe, eu não quero incomodar.
- O que você tem na mão Van?
Gelei no momento em que o pai dela falou isso.
- É um lenço que esqueci no trabalho e o Zac trouxe pra mim. Já vou guardar.
Parece que ela mente muito bem. Isso me assustou um pouco.
Enquanto Vanessa se afastava para guardar o “lenço”  a mãe dela me puxou pela mão para dentro do apartamento e insistiu para que tomasse café com eles. O pai dela ainda me olhava feio. E pergunta rondava meus pensamentos. O QUE É QUE ESTOU FAZENDO AQUI?

******************************************************
Olá pessoal!!
Aqui está mais um capítulo pra vocês...
Obrigada pelos comentários meninas!!! E vocês descobriram qual é o segredo da Vanessa em breve.... kkkkk
Não se esqueçam de votar para decidimos qual será a próxima fic... 
As votações se encerrarão no penúltimo capítulo da fic... 
O nome e o site da proxima fic, será divulgado oficialmente no último capítulo!!!
Beijoos e até qlqr hora!!!

3 comentários:

  1. tu tá me deixando muitoo curiosa
    capítulo perfeito
    posta mais,kisses

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkkkk
    A mãe da vanessa é uma onda kkkk
    E coitado do zac c o pai de vanessa
    Kkkk
    Quero logo saber esse segredoo
    Ate amanhã

    ResponderExcluir
  3. Comecei a ler sua fic hoje e estou amando,os capitulos ja estão prontamente em dia e estou apenas esperando ansiosamente ao proximo capitulo....já havia um tempão que nao lia fanfic zanessa pq ultimamente ando mto ocupada,mas sua fic me chamou bastante atenção e estou adorando-a,espero conseguir acompanha-la direitinho.Bjos Vi!

    ResponderExcluir